16 de fev de 2010

Samba-solidão


Moço,
Não faz assim, não faz assim
Meu coração de pandeiro
Não faz meu peito vibrar
E tremer
E dançar
Se você já vai embora
Se você vai me deixar


Eu que te quero tanto, moço
Tanto que nem sei contar
E sempre que toca no rádio o seu samba enredo
A cidade toda parece comigo cantar


O carnaval já passou
E parece que você também
Só deixou essa saudade
Essa vontade
- Que maldade!


De te abraçar
Te dizer
Que se eu sambo é por você
Que o meu samba é só saudade
É só saudade
De você




*Um samba feito em outro - e pra outros - carnavais!

6 comentários:

Pirajá disse...

nooooossa! q hype seu blog!! euahaeuheaaeuuhae

=*

Navegando disse...

Samba que se samba todo dia mas no carnaval dentero de outras carnavais fica mais rente a pele.
Lindo samba!

Ana Carolina Maia disse...

layout novo tá brilhante! e de parabéns como sempre pelos textos ^^

beijo!

changeandbreakaway disse...

layout lindo o seeu. mas o que eu mais adorei são os seus textos ali embaixo. LINDOSSSS DEMAIS! já leu Tati Bernardi? parece muito com o estilo dela, se não leu leia porque vale muito a pena. adoreeei e com certeza lerei sempre seu blog =) beeeijos, paraabéns viu! ;*

Madame Morte disse...

E quando o samba termina levando junto o carnaval, sobra o silêncio e a realidade volta.Com uma baita dor de cabeça.

Quem dera poder sambar o ano todo...

caiorailan@yahoo.com.br disse...

Muito legal!