20 de out de 2010

Cantiga de Acordar*

A chuva cor de nada
Acorda a menina danada
Molhando o vestido de chita trançado
Com a corda do seu namorado
Acorda menina danada!
Que a chuva acabou de passar
E o sol tá parado
Na porta do quarto
Pro' seu vestido secar!



*Cantiga que fiz a uns 2 anos atrás pra Maria do Céu, Remédios, Carmem Lúcia, ou seja lá qual for o nome da filha que eu ainda não tive.

4 comentários:

Amanda O. disse...

Muito bonitinho, irmã!

Felipe Pauluk disse...

Gostei da temperatura das imagens... e dos textos cheio de sentimentalismos reais..
Gostei mesmo, Parabéns

Roberto Leal disse...

Adooooooooorrrrrrrrreeeeeeiiiiiiii.Sensacional a poetisa que existe em vc menina...Mande-nos seu e-mail para que possamos enviar postagem sobre a nossa revista.

Ronperlim disse...

Sua cantiga, revelada nas rimas do "ada" e "ado" convidam a menina para despertar para a vida.