26 de jul de 2008

Espectro

No meio do nada
Você apareceu sorrindo
Seu mais bonito sorriso de sol
Como uma luz que cega, eu notei
E você parecia azul
Só que quando eu cheguei perto de ti
Você era arco íris
Colorido demais pra meus amores
Sempre monocromáticos!
Desisto.
Vou revirar o baú dos amores antigos
A procura do teu sucessor
E ele há de ser de todo cinza
Pra não me lembrar você
Tuas cores
Teus significados.




Sophia Anônima

1 comentários:

Le disse...

Também gosto de "brincar" com as cores :)