17 de ago de 2010

Sapatos vermelhos

A morte veio depois. Primeiro veio aquele som do salto fino e vermelho pisando o chão de madeira. Toc, toc, toc. A última coisa que eu me lembro ouvir antes de morrer, não o som da risada insuportavelmente alta dela, nem o estilhaçar do meu copo de uísque – mil pedaços enfeitando o chão - muito menos o estampido surdo do revólver que calou todos os outros sons. “Calma” – eu disse, enquanto ela me olhava com aqueles olhos apagados de bicho - “Calma que você não sabe o que está fazendo, larga isso, baby.” Ela sequer piscou. Continuou andando, toc, toc, toc.
E bem em frente a mim, eu pude olhar direito o apagado dos olhos dela. E tive medo, muito medo do frio que morava ali e me queimava. Ela queimava. E olhava pra mim, apontando aquela raiva, e olhava pra mim, e gargalhava tão alto e eu já não podia ouvir mais nada.
Morri não muito depois, rápido, com uma bala na cabeça. A desgraçada estourou meus miolos porque não podia correr o risco de errar. Devia ter apenas uma bala, ou o suficiente de coragem para um tiro só. Foi embora correndo, deixando ecoar no apartamento vazio o som daqueles malditos sapatos vermelhos que eu havia dado de aniversário dois dias antes. Toc, toc, toc. Quebrando o silêncio que velava a minha morte.

3 comentários:

Dalton Mesquita Filho disse...

moça,

comi meus dedos de ansiedade por um novo post seu, e você, saciou minha sede por bons textos nessas poucas palavras escritas.
acho que já disse que sou um fã de carteirinha da sua escrita, caso não tenha dita ainda, tá dito. Caso sim, não me canso de repetir.
Quanto a esse texto, ele está simplesmente maravilhoso, três milhões de perguntas vieram à minha cabeça, e essa ausencia de respostas torna o texto ainda mais especial.

Grande beijo :*

Lilah Costa disse...

Sua escrita prende a atenção do leitor.
texto muito bom e emocionante como sempre!
;)

Alanna Chemas disse...

Devo admitir que sua escrita não mudara muito. Fico feliz em saber que não parou de escrever por aqui. Como sempre, mais um classico,
parabéns (:

beijo :*